Artigos

O Conflito entre Família e Negócios

 

O Conflito entre Família e Negócios

O Contexto Empresarial Familiar muitas vezes se depara com questões onde os problemas de Família se confundem ou são levados para a Empresa e vice versa.

Neste caso há uma fusão entre a figura da Família e a figura da Empresa causando desarmonia entre ambas instituições.

O problema maior é que na maioria dos casos há a quebra da empresa, levando a Família junto, pois os bens materiais dos sócios estão atrelados e o espírito e alma também são afetados, muitas vezes com acusações entre si, de má gestão e culpa.

A raiz geradora é sempre a falta de FOCO, tanto do lado da Família, quanto do lado da Empresa, pois ouve uma mistura das competências de ambas as partes e os dirigentes não perceberam o que estavam fazendo, não distinguindo mais o que era uma reunião de Família ou uma reunião de negócios.

Um Executivo que não faz parte do quadro familiar, pode fazer pouco, pois o problema não é só “técnico”. Ele vai além de processos e procedimentos e o comando se perde nos seus objetivos principais, dando lugar a rixas e problemas pessoais. Não há a clareza de quem conduz a empresa.

Outro problema freqüente acontece em relação a sucessão e o conflito da mudança de gerações. O apego dos patriarcas em relação ao negócio dificultam a tranferência que se tornam em eternas promessas, ou a transferência ocorre, mas há intervenção constante dos antigos patriacas que não aceitam a condução ou as novas idéias da nova geração.

Como a troca de gerações para uma empresa familiar frequentemente é um processo de muitos anos e de grande fator emocional, podendo até afetar economicamente e financeiramente a empresa, a Consultoria Empresarial Sistêmico-Dinâmica é um instrumento que ajuda esta condução e complementa os objetivos adminsitrativos, jurídicos e tributários da empresa.

Uma nova maneira de ver e pensar para empresas médias em processo de sucessão. No ponto de vista sistêmico, a solução está em equilibrar o sistema para que todos os processos ocorram de forma prática e fluída, conectados harmonicamente com o todo.

07/02/2012     Por: Ricardo Oyama